e-mail  

e-mail


 

 

 

sexta-feira, março 12, 2004

 

Melhores bares - Gato Preto




Inaugurando a série de textos sobre Os Melhores Bares de Curitiba, tenho o prazer de apresentar a vocês...

Restaurante Dançante Pantera Negra (vulgo Gato Preto)


O Pantera Negra é um espaço lendário da noite curitibana. Comandado pelo Sr. Natal há mais de dez anos, assumiu essa nova identidade logo que trocou de dono, deixando para trás a alcunha de Gato Preto, nome pelo qual até hoje é lembrado e reverenciado pelos fãs. Aberto todas as noites, das 18 às 08hs, é destino certo tanto entre os que pretendem embalar, quanto aqueles que já embalados procuram um lugar para encerrar os trabalhos da noite.

Ambiente




Trata-se de um restaurante dançante, portanto, as mesas são dispostas como em qualquer restaurante convencional. Os melhores lugares estão próximos à pista de dança. A Iluminação psicodélica e os poucos ventiladores proporcionam toda sorte de sensações estranhas, potencializadas ao passo que a ingestão de álcool vai aumentando. O ambiente escuro favorece o flerte, mas prejudica a degustação das comidas.

Atendimento




Capitaneados pelo gerente Vanderlei, os garçons da casa são rápidos e certeiros. Cada setor possui um garçom responsável. Prefira o setor do garçom Edson, o melhor do local. Atendimento personalizado e de total confiança.

Comida




sol no dia seguinte. O ponto forte da casa é a costela, o prato predileto de 9 em cada 10 fregueses. São servidos outros tipos de carne, como picanha, mignon e o providencial churrasco completo, um alcatra acompanhado de salada, arroz e batata-frita. Constam ainda no cardápio pizzas e uma grande variedade de aperitivos. Os preços praticados são normais, sem abusos. Um preço justo de acordo com o tamanho da porção. Provamos uma picanha no palito. Era picanha e era no palito, 16 reais o prato. Os pedidos também estão disponíveis para entrega.

Bebida




Os mais variados drinks, sucos, vinhos e refrigerantes em geral, são servidos a preços acessíveis no Pantera Negra. A cerveja, Kaiser, lamentavelmente, custa 3 reais, preço razoável. Sempre gelada, pode vir no baldinho com gelo ou a parte.

Música




Todo dia uma dupla diferente anima a pista de dança do Pantera Negra. O repertório é basicamente composto por música gauchesca, vaneirão e pitadas de outros ritmos populares. As duplas são compostas geralmente por teclado e guitarra, havendo um revezamento no comando da voz. Se você estiver com sorte, pode se deparar com um bêbado qualquer assumindo os vocais. Na noite de nossa visita, a pista era comandada pelos músicos Alex, Matheus e um bêbado qualquer. O volume é adequado, não havendo prejuízo para o bate-papo descontraído.

Paquera




A maioria das moças que freqüenta o local é formada por garotas de programa. Eu disse a maioria, não disse todas. Portanto, o flerte deve ser cuidadoso e preciso. O primeiro passo é o mais simples e rápido. Uma ligeira troca de olhares e você estará acompanhado. A partir desse momento duas possibilidades se descortinam no jogo da sedução. Na primeira, você segue o fluxo normalmente e quando interpelado por motivos de ordem financeira diz, ingenuamente, que não sabia que tinha que pagar. Obviamente, o affair se dá por encerrado. Na segunda, mais tranqüila, você cozinha em banho-maria até sentir que é a hora adequada pra sacar a carteira. Ainda há uma terceira possibilidade, remotíssima, da garota desejada não ser da noite. Caso isso aconteça, prepare a aliança que o destino não apronta duas vezes.

Quanto ao perfil dos homens, o Pantera Negra é um gigantesco mostruário masculino. De empacotadores a deputados, office-boys a vereadores, pedreiros, advogados, empresários e fanfarrões em geral.

Sanitários


No sanitário masculino há o tradicional mictório coletivo. Cabines individuais dotadas de privadas em razoável estado de conservação e limpeza. Resumindo, em situações de pânico dá pra cagar. Devido a pouca ventilação do local, ir ao banheiro pode ser uma alternativa para quem procura uma fuga da realidade e não levou dinheiro para o consumo de álcool ou substâncias estupefacientes. Não visitamos o sanitário feminino, mais concorrido que o masculino pelo fato de servir não só como área de alívio, mas também como camarim.

Estacionamento


O local dispõe de serviço de bem-cuidado. Se a segurança não é garantida, o preço é em conta. Um real, no máximo.

Pantera Negra (antigo Gato Preto) - Ermelino de Leão, 257, Centro, fone 225-5717


Comments:
Excelente texto. O gato preto é isso mesmo !!
 
Uma das melhores casa da noite Curitibana com vários pratos e musicas ao vivo todos os dias, Eu gostei muito da costela da casa....
 
eu gostei muito da picanha na chapa que me foi entregue em casa o moto-boy era muito atencioso,o bom que o disk alacarte é até as 7 horas da manhã e vou peir outras vezes.
 
a muito frequento este local só posso dizer que neste local vc encontra muitas pessoas legais,como em qualquer outro local. sr natal esta de parabens,a casa é muito bem comandada,primeiro va e depois de sua opiniaõ.
 
só mais um comentario naõ trabalho na noite ,mas ja encontrei pessoas que posso dizer..encontrei amigos,mesmo entre as pessoas que trabalham na noite
 
engordei bastante com essa costela
agora estou morando longe e ta dificil pra emagreçer kkkkkkkkk
 
olha so não gosto daquele gerente buxudo eu trabalhava la e ele me tratava muito mal aquele pançudo
 
ficava na porta do gato nao podia nem fumar direito
 
NADA MAIS É QUE UM LUGAR DE PROSTITUIÇÃO E UMA BOCA DE FUMO

 
Adoro o Gato Preto. O atendimento e as meninas são especials

Carlos A. D. Torres.
 
Fazem muitos anos que frequentei o Pantera Negra, tenho muitas lembranças boas e algumas nem tanto assim. Conheço o Natal,mas sei que depois de anos tudo deve ter mudado e muito, mesmo assim qualquer hora dessa
s espero poder visitar novamente o local que me marcou muito.
 
Ao garçom turquinho, um grande abraço. Imagino que como sempre, continue tirando sua soneca na mesa, final, você é uma grande
atração do pantera negra. Abraços de seu amigo.
 
Pessoal existe algum site onde existe o contato das acopanhantes do gato preto ?
 
Postar um comentário